9 de novembro de 2008

Cérebro de Bullys sente alegria com a dor alheia!

Os cérebros de adolescentes com história de comportamento agressivo (bullying) sugerem que eles podem realmente sentir prazer de ver alguém com dor, afirmaram investigadores na sexta-feira.

Os pesquisadores compararam oito meninos com idades de 16 a 18 que sofrem do transtorno de conduta agressiva com um grupo de oito rapazes, sem sinais incomuns, monitorizando a actividade cerebral através da ressonância magnética funcional.

Nos adolescentes agressivos, as áreas do cérebro ligadas ao sentimento recompensado - o striatum ventral e amígdala - tornaram-se muito activas quando eram observadas imagens de dor causada aos outros, de acordo com o estudo na revista Psicologia Biológica.

Este grupo mostrou, ainda, pouca actividade em uma área do cérebro envolvida na auto-regulação - o cortex médio préfrontal e da junção têmporoparietal - como foi observado no grupo de controlo.

Sem comentários: